Ricardo "O inoperante" leva água de onde não tem, para onde tem de sobra

domingo, 22 de maio de 2016



O Governador da Paraíba e os seus devaneios propicia uma das obras mais esdruxulas e sem conexos em relação a ordem das coisas, a maior obra hídrica de seu governo tira água de onde não tem para levar para onde sobra água. O governo da Paraíba gasta 1 bilhão de reais, financiado pelo governo federal, para levar água da Barragem de Acauã para a barragem de Araçagi. No percurso, irá abastecer cidades do agreste e zona da mata que não sofrem com os efeitos de estiagem e ao longo da história são as regiões com maior frequência de chuvas do Estado.
A obra tocada por três consórcios de empresas, que fazem canais externos e subterrâneos, rompendo serras com explosivos, e mais diversas ações tecnológicas. Enquanto isso Campina Grande e o Cariri, estão em situação caótica em relação à água, e não tem o mesmo tratamento, alem de não ter uma só ação do Governo, que teima em silenciar diante de uma situação caótica.

Diante das notícias sobre a qualidade e quantidade da água de Boqueirão, que estão cada vez pior e preocupante e todas as classes da sociedade campinense reclamam, o governo estadual não pode mais ficar mais de braços cruzados, mas mesmo assim não esboça a minima reação e caindo no ridículo ainda de tentar politizar o assunto. Estamos correndo contra o tempo, apostando na Transposição do São Francisco para evitar risco de perda vidas. 
A falta de sensibilidade deste governo demonstrando uma ausência total de responsabilidade com Campina e demais municípios que são abastecidos por Boqueirão é tão preocupante, que mesmo na eminencia de um caos total e falimentar de Campina, com saída de industrias e até mesmo da população, não se vê nos bastidores deste governo e nos seus aliados mais próximos uma só ação de solução para o problema. Nos bastidores já sabemos que a raiva e insensibilidade de Ricardo Coutinho com Campina Grande não pode ser uma bandeira de Governo, mas é simplesmente o que se vê em suas ações.
Em anos anteriores o governo trouxe para Campina Grande com pompa e festa perfuratrizes da CDRM que tem cinco em seu poder e não se tem noticia de um poço perfurado na região. 
Mesmo enfrentando crise na educação, saúde e principalmente na segurança publica em todo o Estado da Paraíba e a inercia de um governo que vive dos louros de um primeiro mandato, não se ligou ainda que para Campina Grande e região alem de todos estes problemas o pior de todos é o eminente colapso de água e o sofrimento de um racionamento desumano. Ricardo Coutinho mesmo tendo como vice uma campinense e aliados do peso de Adriano Galdino, Fabio Maia, Napoleão Maracajá, Inácio Falcão e "Veneziano" (não sabemos até quando) não move uma palha para explicar ou tentar quais as ações de ajuda, ou mesmo porque retira água de onde não tem levando para onde sobra.
A população saberá cobrar do governo sobre suas ações e mais ainda sobre a falta delas.
Fotos retiradas das redes sociais sobre o canal de Araçagi

0 comentários:

Postar um comentário